Conheça a origem do sorvete

A origem do sorvete: aprenda aqui!

Quem não gosta de passar as tardes na sorveteria se deliciando com a sobremesa mais amada do Brasil? Esse, sem dúvida, é um dos nossos programas favoritos. Mas, você já parou para pensar quem inventou essa delícia? Qual a história por trás da origem do sorvete? 🍦

Essa é uma informação que muitas pessoas aparentam não saber. Dessa forma, nós decidimos te ajudar! No texto de hoje, separamos todas as informações que consideramos importantes sobre a origem do sorvete.

Com certeza, esse texto vai te ajudar no que você precisa. E ao mesmo tempo vai te dar água na boca. Relaxa, depois dessa leitura, você pode correr até a sorveteria mais próxima. Então, agora pegue o papel e caneta para anotar as partes mais importantes e continue com a gente! 😄

Você sabia que o sorvete foi inventado antes da geladeira?

Pelo fato do sorvete ser uma sobremesa gelada, é comum pensar que ele surgiu após a invenção da geladeira. Mas essa delícia geladinha já era consumida bem antes desse avanço tecnológico.

A origem do sorvete aconteceu aproximadamente há 4 mil anos atrás, na China, quando ainda não existia a geladeira. A sobremesa era feita à base de leite e arroz e era congelada na neve.

Chão coberto por neve.
Geladeira? Que nada! Na China Antiga, o sorvete era congelado na neve!

Mas você acha que, então, a sobremesa era consumida apenas durante o inverno? Na verdade não. Isso porque os chineses conseguiram conservar a neve para usar também durante o verão.

Nessa época, a tal invenção ficou cada vez mais apreciada. Dessa forma, ela se tornou um grande sucesso entre a nobreza, se tornando símbolo de status social. Porém, infelizmente, a população mais pobre não tinha condições de consumir a sobremesa.

Com o passar do tempo, o sorvete se popularizou pelo mundo, tornando-se cada vez mais acessível. Hoje em dia, a sobremesa é muito mais popular e quase todo mundo tem a oportunidade de aproveitar essa delícia, mesmo que de vez em quando.

Além disso, desde a origem do sorvete, as técnicas evoluíram e o modo de produção e conservação do sorvete mudaram. Então, esquece a neve! Hoje em dia, por exemplo, existem técnicas para conservar o sorvete no freezer.

A origem do sorvete

É difícil definir com exatidão a origem do sorvete, mas vários pesquisadores reuniram dados históricos que tentam apontar aproximadamente o seu surgimento. Então, para começar essa história, temos que voltar um pouco no tempo. Preparado?

Você com certeza já sabe que muitas coisas que conhecemos surgiram na Grécia ou em Roma, certo? Quase 2 mil anos atrás, na Roma Antiga, o imperador Nero consumia uma mistura de frutas e de gelo, que era extraído das montanhas da região. 

Estátua com a face do imperador Nero, de Roma.
Louco por sorvete! O imperador romano Nero foi um dos pioneiros na criação dessa sobremesa.

Porém, o sorvete parecido com o que consumimos atualmente surgiu na China, entre os anos de 618 e 697. Na época, o imperador chinês King Tang fazia uma mistura de gelo, leite e arroz.

Com o passar dos anos o sorvete chegou a Europa. Em uma viagem para a China, em 1271, o veneziano Marco Polo conheceu uma variedade de cremes de frutas congeladas. Ele gostou tanto que levou a receita para a Itália.

E você deve estar se perguntando, quando surgiu a primeira sorveteria?

Em 1660, Procopio Coltelli abriu em Paris uma cafeteria que vendia sorvete, o Café Procope. Essa foi a primeira sorveteria do mundo. Com o sucesso do sorvete, a receita foi se espalhando pelo mundo e outras sorveterias abriram.

Desde a origem do sorvete, a receita passou por modificações, devido a evolução das técnicas de produção e o avanço tecnológico. Assim, chegamos à variedade de sorvetes que conhecemos hoje em dia. 

Quando o sorvete chegou no Brasil?

O sorvete chegou ao Brasil no século XIX, em 1834, quando uma embarcação de blocos de gelo chegou na cidade do Rio de Janeiro. Dessa forma, alguns comerciantes compraram o carregamento e passaram a vender sorvetes de frutas. 

Foi assim que a primeira sorveteria brasileira surgiu. Porém, não havia condições para conservar o sorvete após ele estar pronto. Por isso, era necessário consumi-lo na hora e isso gerava alguns problemas.

Contudo, décadas mais tarde o sorvete começou a ser produzido em grande escala. Em 1941, abriu no Brasil a primeira filial de uma empresa do ramo de sorvetes. Com a chegada dessa sobremesa ao Brasil, os brasileiros passaram a escolher os seus sabores preferidos de sorvete. Qual é o seu?

E o picolé? Como surgiu?

Apesar de a origem do sorvete ter acontecido há cerca de 4 mil anos atrás, a história do picolé é um pouco mais recente. Tudo começou durante o inverno de 1905, quando Frank Epperson, um menino de 11 anos, esqueceu na varanda de casa um copo de suco com uma colher dentro. 

No outro dia, ele notou que a colher ficou presa ao suco congelado. Assim começou a origem do picolé. Apesar da incrível descoberta, foi apenas em 1913, aos 18 anos, que Frank decidiu preparar uma receita parecida com o sorvete no palito que havia descoberto anos atrás.

Contudo, em 1913, com o grande sucesso da receita, Frank patenteou o produto como Epp’s Icicle, traduzindo para o português Gelinho do Epp. No ano de 1925, o sorvete no palito foi comprado por uma empresa de New York e passou a ser chamado de Popsicle, o famoso picolé, traduzindo para o português.

Picoles cobertos com casquinha e confeitos expostos em um suporte.
Quem diria que uma das sobremesas mais apreciadas do mundo foi inventada por uma criança de 11 anos?

Desde a origem do sorvete, o seu processo de produção tem passado por mudanças e inovações. Com isso, há muitas curiosidades que vão surgindo ao longo do tempo.

As sobremesas geladas como o sorvete e o picolé tem conquistado cada vez mais apreciadores pelo mundo. Nos Estados Unidos até existe um museu do sorvete para celebrar toda essa história!

Clancy Wiggum, o chefe da polícia de Os Simpsons, se deliciando com um sorvete.

Agora que você conhece a origem do sorvete, que tal ter acesso a mais informações sobre essa delícia? Acesse o blog do Snowfruit e confira notícias, dicas, curiosidades e receitas sobre sorvetes, picolés e açaí. 🍨

10 curiosidades sobre sorvete que você nunca ouviu antes

Curiosidades sobre sorvete: conheça fatos surpreendentes sobre a sobremesa mais amada do Brasil

Que o sorvete é uma sobremesa querida e deliciosa, todo mundo sabe. Afinal, é bem difícil encontrar alguém que não goste dessa sobremesa, principalmente em dias de calor. Porém, apesar de ser um produto muito popular, há várias curiosidades sobre sorvete que poucas pessoas parecem conhecer!

Pensando nisso, separamos 10 curiosidades sobre sorvete que irão te surpreender. Então, venha conosco e embarque nessa viagem que vai te deixar com água na boca. Confira!

Afinal, como surgiu o sorvete?

Pelo fato do sorvete ser uma sobremesa gelada, é comum imaginar que ela surgiu após a invenção da geladeira. Contudo, isso não é verdade!

Na realidade, a ideia de que o sorvete é uma maravilha moderna não é verdade. Isso porque sua criação se deu há mais de 4 mil anos. E foi na China que tudo aconteceu.

Balões chinenses vermelhos.
Negócio da China: o sorvete é uma sobremesa mais antiga do que parece.

Nessa época, a sobremesa era congelada na neve e sua receita levava leite e arroz. Tal invenção se tornou um sucesso entre a nobreza. Mas não entre a população mais pobre, que não possuía condições financeiras para comprá-lo.

Contudo, o sorvete não era apenas consumido no inverno. Pois os chineses conseguiram conservar a neve para utilizá-la no verão. 

Entretanto, com o passar do tempo, a produção e os ingredientes do sorvete mudaram. No século XVII, com a criação da primeira sorveteria – o Café Procope – essa delícia se popularizou no mundo inteiro.

Qual foi a primeira sorveteria do Brasil? 

O sorvete chegou no século XIX no Brasil. Em 1834, blocos de gelo chegaram à cidade do Rio de Janeiro com o objetivo de produzir essa delícia. 

Assim, a primeira sorveteria brasileira foi inaugurada. Nesse contexto, não havia como conservar o sorvete após ele estar pronto. Logo, era necessário consumi-lo imediatamente.

Contudo, apenas décadas mais tarde o sorvete começou a ser produzido em escala l no Brasil. Desse modo, em 1941 uma empresa do ramo abriu sua primeira filial em solo brasileiro. 

Sorvete com hora marcada 

Como não tinha jeito de conservar a sobremesa, as sorveterias anunciavam a hora certa de consumir a sobremesa.

Assim, surgiu o primeiro anúncio de sorvete que se tem registro no Brasil. Em 4 de janeiro de 1978, o jornal A Província de São Paulo trazia a seguinte notícia:

 “Sorvetes – todos os dias às 15 horas, na Rua direita, nº 14”.

Dessa forma, os clientes se preparavam para chegar na sorveteria quando o sorvete estivesse pronto. Assim, se atrasassem encontrariam a sobremesa derretida.

A Nova Zelândia é o país que mais consome sorvete no mundo 

Dando continuidade as curiosidades sobre sorvete, você sabia que a Nova Zelândia é o país que mais consome o produto no mundo?

Isso mesmo! Cada cidadão neozelandês toma em média 28,8 litros de sorvete por ano. Em termos de comparação, o brasileiro consome apenas 5,4 litros.

Contudo, o Brasil ainda ocupa a 10º posição no ranking de maiores consumidores de sorvete. E o mercado prevê crescimento desse ramo. Desse modo, montar uma sorveteria é um excelente investimento no país.

É mentira que tomar sorvete no inverno causa gripe

Agora, vamos a uma das curiosidades sobre sorvete mais surpreendentes. Você sabia que tomar sorvete em dias frios não causa gripe?

Apesar disso fazer parte do senso comum, ele não passa de uma mentira. A gripe vem de um vírus que não está presente em nenhum tipo de alimento.

Três pessoas segurando três casquinhas de sorvete.
Tomar sorvete no frio não causa gripe.

Logo, essa sobremesa não pode ser responsabilizada pela doença. Então, está liberado tomar sorvete mesmo com as temperaturas baixas.

O sorvete mais caro do mundo 

Em Dubai, no café Scoopi, é possível encontrar um sorvete que vale aproximadamente R$4.200,00. Mas, por que esse valor?

Então, o sorvete Black Diamond (Diamante Negro em tradução livre) é feito de baunilha, ingrediente que vem direto de Madagascar. Além disso, possui açafrão iraquiano e trufas negras da Itália.

Contudo, o que justifica seu preço é a presença de ouro 23 quilates comestível. Assim como a porcelana chinesa da Versace, que o cliente pode levar para casa.

Sorvete no Guiness Book 

Outra das curiosidades sobre sorvete é que esta é uma dos alimentos que estão presentes no livro dos recordes. Segundo o Guinness Book, o maior sorvete de casquinha do mundo foi feito em 2020, quando o italiano Dimitri Panciera conseguiu equilibrar 125 bolas de sorvete em uma só mão.

Panciera já havia conseguido o recorde anteriormente, em 2013. Neste ano ele conseguiu montar um sorvete com 85 bolas. Contudo, o americano Ashrita Furman conseguiu equilibrar 123 bolas e ultrapassou sua marca.

Copa do mundo de sorvete 

Apesar de ser desconhecida por muitos, a Copa do Mundo de Sorvete reúne participantes de vários lugares do planeta. A competição é realizada a cada dois anos e já conta com 9 edições.

Durante o campeonato, os competidores devem realizar diversas provas que envolvem o preparo, o gosto, a decoração e outros aspectos do sorvete.

Assim, a última edição da Copa aconteceu em 2020 e teve a Itália como campeã. Aliás, o país italiano é a sede da competição, que acontece na cidade de Rimini.

Sorvete que não derrete

Mais uma das curiosidades sobre sorvete que poucas pessoas conhecem: o sorvete que não derrete.

Isso mesmo! Existe um picolé que aguenta uma hora em altas temperaturas sem derreter.

Contudo, essa maravilha inusitada ainda está indisponível no mercado. Porém, o Bompas & Parr, o estúdio responsável pela criação do produto, promete investir melhor na sobremesa durante os próximos anos.

Dia nacional do sorvete 

Chegando ao último item desta lista, vamos falar sobre o dia nacional dessa sobremesa, comemorada no dia 23 de setembro.

Porém, essa data não foi escolhida aleatoriamente. O Dia Nacional do Sorvete se dá um dia após o fim do inverno e começo da primavera. Época em que o consumo de sorvete tende a aumentar.

Após ficar por dentro de tantas curiosidades sobre sorvete, que tal ter acesso a mais informações sobre essa maravilha gelada? Acesse o blog do Snowfruit e confira notícias, dicas, curiosidades e receitas sobre sorvetes, picolés e açaí.

Sorvetone: saiba como fazer o panetone com sorvete!

Panetone com sorvete: saiba como fazer um sorvetone neste natal!

“Ho ho ho”: o Natal está chegando! A data mais especial do ano pede comidas deliciosas e, nesse calor, o panetone com sorvete é uma ótima opção para misturar tradição e refrescância

Então, esqueça a neve e deixe as sobremesas quentes para o inverno! No Brasil o Natal acontece em pleno verão. Por isso, você deve apostar em doces frios para a noite da ceia, como o sorvete e o pavê!

No blog de hoje, vamos te ensinar uma receita ideal para esta data: o panetone com sorvete. Ficou curioso para saber mais? Então, continue a leitura!

Alerta de spoiler: a sobremesa fez tanto sucesso que ganhou até um nome próprio: sorvetone!

Por que comemos panetone no natal?

No Brasil, Natal é sinônimo de panetone. A sobremesa de origem italiana é a número 1 aqui e em vários países da Europa durante o fim de ano. 

Embora algumas pessoas remetam a origem do panetone ao cozinheiro de um duque do final do século XV, é difícil afirmar se essa história é realmente verdadeira.

Dessa forma, é melhor ficar com a resposta dos pesquisadores! Eles afirmam que a receita surgiu por meio de uma tradição coletiva que foi difundida por várias gerações.

Mas você sabia que a receita se popularizou de verdade por meio de uma competição de padeiros de Milão?  

Isso mesmo! Uma disputa para descobrir quem fazia o melhor panetone incentivou o consumo em massa dessa sobremesa durante a época do Natal.

Além disso, é possível afirmar que a sobremesa chegou ao Brasil anos mais tarde, quando os imigrantes italianos desembarcaram na América do Sul em busca de oportunidades.

Pintura de Gli Emigranti, Angiolo Tommasi representando imigrantes italianos.
Os imigrantes italianos trouxeram diversas de suas tradições para as terras brasileiras, entre elas o panetone. (Gli Emigranti, Angiolo Tommasi. Óleo sobre tela, 1895).

Esqueça a neve! O natal brasileiro pede sobremesas geladas!

Você já deve ter visto na Sessão da Tarde centenas de filmes americanos em que o Natal tem tudo a ver com neve. 

Isso porque, nos Estados Unidos e nos demais países do hemisfério norte, o inverno se passa entre os meses de dezembro e março. 

Entretanto, o Brasil é um país de clima tropical e aqui o Natal é sinônimo de muito calor

Dessa forma, as sobremesas geladas são mais que bem vindas durante as ceias e refeições desse período.

Nesse contexto, é importante lembrar que o geladinho preferido dos brasileiros é o sorvete, que faz bem tanto para nossa saúde física e para o bem-estar emocional!

Por isso, o panetone com sorvete surge como uma excelente opção para adoçar o seu natal!

Além disso, essa é uma possibilidade para se refrescar do calor desta estação, que promete ser uma das mais quentes dos últimos tempos.

Receita de panetone com sorvete em 5 minutos

Agora que você já se convenceu que o panetone com sorvete pode ser a sobremesa da sua ceia deste ano, separamos uma receita para você conhecer melhor essa novidade.

Existem várias maneiras de servir o sorvete com o panetone e, sem dúvida, todas são deliciosas.

Ilustração panetone com sorvete.
O panetone com sorvete une duas paixões brasileiras em uma mistura deliciosamente irresistível!

Para preparar um dos estilos mais tradicionais de sorvetone, você vai precisar apenas de um panetone e de um pote de sorvete! Depois disso, anote os seguintes passos:

  • Abra o panetone no meio;
  • Tire o seu “miolo” e o misture com o sorvete em um recipiente;
  • Coloque a mistura dentro do panetone e feche novamente.

Fácil, prático e extremamente delicioso! O panetone com sorvete tem tudo para te conquistar nesse fim de ano!

Para empreendedores: vale a pena apostar nesta novidade?

Donos de sorveteria sempre precisam apostar em novidades para atrair clientes e aumentar as vendas do seu negócio!

Dessa forma, o panetone com sorvete surge como um diferencial competitivo muito atrativo, principalmente para essa época do ano.

Isso porque todos vão ficar ansiosos para provar a novidade. Assim, com uma boa divulgação, sua sorveteria pode bombar nesse Natal!

Além disso, essa é uma receita fácil de fazer e que não vai gerar muitos custos para a sua empresa. Mas que pode trazer muitos lucros!

E aí, gostou dessa ideia de panetone com sorvete? Então, para conferir mais dicas que vão fazer da sua sorveteria um lugar muito mais completo, confira outras dicas como esta no blog da Snowfruit!

Existe sorvete para cachorro? Aprenda a refrescar seu pet no verão!

Sorvete para cachorro: uma alternativa para refrescar o seu pet!

A época mais quente do ano está chegando e, com ela, a vontade de se refrescar com um sorvete ou picolé é inevitável! Mas, e os nossos pets? Será que podemos ajudá-los a se refrescar durante o calor? Afinal, existe sorvete para cachorro?

Na verdade, a resposta é que sim! Existem algumas opções seguras de sorvete que podemos oferecer para ajudar os cães a se refrescarem. Entretanto, é necessário ficar atento! Pois, o clássico sorvete que consumimos pode fazer mal ao nosso pet!

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura! No blog de hoje, vamos falar sobre sorvete para cachorro. Esta tendência que tem ganhado o coração dos donos de animais de estimação e também as sorveterias!

Afinal, cachorro pode tomar sorvete? 

Não há como negar que os sorvetes são ótimas pedidas para aliviar o calor. Além disso, eles também fazem bem para a saúde física e emocional dos seres humanos. Por isso, esta é uma das sobremesas mais queridas do país.

Mas, e para os cachorros? Será que para eles também faz tão bem assim? 

O grande problema que impede que os cãezinhos possam se refrescar com um delicioso sorvete durante o verão, é que eles não podem ingerir açúcares e gorduras. Que são ingredientes presentes no sorvete que consumimos no dia a dia.

Por isso, nessas ocasiões, não ceder ao pedido do seu pet é um gesto de amor e preservação pela sua saúde. Pois, além de serem substâncias tóxicas, elas também podem causar obesidade e diabetes nos cachorros. O que pode resultar em problemas ainda maiores.

Sorvete comum pode fazer mal para o cachorro.
Atenção: o sorvete humano pode ser tóxico para os cachorros.

Mas, calma! Isso não quer dizer que não podemos ajudar nosso cãozinho a se refrescar neste verão! Na verdade, existem opções de sorvete para cachorro que são seguras e não colocarão a saúde do animal em risco. 

Existe sorvete específico para cachorro?

Felizmente para os pets, a boa notícia é que sim: existe sorvete para cachorro! Nestes casos, a sobremesa não leva ingredientes que podem fazer mal ao nossos animais, como açúcares, adoçantes, macadâmias e cacau. 

No geral, são sorvetes e picolés feitos à base de frutas ou da própria ração do pet. Ou seja, são 100% saudáveis e não fazem nenhum mal ao organismo do nosso amigo.

Existe sorvete para cachorro.
Sorvetes seguros para cachorros não devem possuir ingredientes como gorduras ou açúcares.

Por este motivo, algumas sorveterias já estão se especializando para oferecer a oportunidade de você refrescar o seu animal de estimação enquanto toma o seu sorvete com os amigos. 

Mas, caso esta novidade ainda não tenha chegado na sua região, é possível preparar um sorvete para cachorro em casa de forma simples e rápida!

3 receitas de sorvete para cachorro para refrescar o seu pet

Provavelmente você já sabe preparar receitas com sorvete do modelo convencional. Mas, se você ainda não sabe como preparar esta sobremesa para o seu cãozinho, continue a leitura! 

Aqui vão 3 receitas fáceis e práticas de sorvete para cachorro para evitar que seu pet passe calor neste verão!

Picolé de frutas

A grande diferença entre os sorvetes que os nossos animais podem e aqueles que eles não podem consumir está nos ingredientes! Por isso, fazer um picolé de frutas para o seu pet é como fazer um picolé para você. Porém, sem açúcar!

Para isso, basta bater no liquidificador um pouco de água com uma fruta que não faça mal para os caninos. Como pêra, melancia, mamão ou manga. Você pode adicionar também  raminhos de hortelã para deixar o sorvete para cachorro ainda mais refrescante.

Em seguida, deposite a fruta batida em uma forminha de picolé e congele no freezer durante algumas horas.

Gelado nutritivo

Uma outra opção para refrescar o cãozinho no calor são os chamados gelados nutritivos. Para prepará-lo você vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • Um pote de iogurte natural (sem açúcar);
  • Uma colher de mel;
  • Uma cenoura ralada.

Com todos os materiais providenciados, basta bater tudo no liquidificador mais uma vez e congelar a mistura em forminhas de picolé. 

Além de ser uma opção ideal para o verão, as cenouras também são ricas em vitaminas e minerais, ajudam a visão e equilibram o metabolismo dos cachorros.

Picolé de ração

Por fim, também existe o picolé de ração! Que alinha todos os nutrientes positivos desse alimento com a refrescância que o seu pet tanto deseja nos dias mais quentes. 

Para preparar essa receita, basta bater água e ração no liquidificador até virar uma pasta homogênea.

Depois disso, leve a mistura ao congelador e sirva para o seu cãozinho quando você perceber que ele está sentindo muito calor.

Para empreendedores: vale a pena vender sorvete para cachorro?

🚨 Alerta tendência: para donos de sorveteria, os sorvetes para cachorros podem ser uma boa alternativa para impulsionar as vendas.

Isto porque oferecer novidades é o segredo para se destacar no mercado e atrair mais clientes. Principalmente quando estas ações vêm acompanhadas de uma boa estratégia de marketing.

Dessa forma, vale a pena apostar em criar uma linha exclusiva de sorvetes para cachorro em sua sorveteria e utilizar as redes sociais para espalhar a notícia para seus clientes.

Afinal, segundo uma pesquisa do IBGE, quase 48 milhões de domicílios no Brasil possuem animais de estimação. Então, é aumento de público na certa para o seu negócio!

Quer saber mais novidades que você pode aplicar em sua sorveteria? Então, acesse o blog da Snowfruit: a fábrica de açaí e de sorvetes que já está há 19 anos no mercado garantindo a satisfação dos consumidores com sobremesas cheias de sabor e qualidade.

Tudo o que você precisa saber sobre sorvete quente

Tudo o que você precisa saber sobre sorvete quent

Quem disse que não dá para tomar sorvete o ano inteiro? Com o sorvete quente, o frio não é mais desculpa para deixar de aproveitar uma das sobremesas mais queridas do brasileiro.

Mas calma! Ao contrário do que parece, ninguém aqui quer colocar o sorvete no forno! Isto porque, nesta sobremesa, o sorvete continua gelado como todo mundo já conhece e ama. 

O que muda, na verdade, são os acompanhamentos — que passam a contar com pratos quentes que equilibram a sensação do gelado.

Por mais contraditória que pareça, essas sobremesas são deliciosas e têm conquistado o coração das pessoas. A prova disso é que o número de receitas vem crescendo, cada dia mais, nos últimos anos.

Por isso, se você não quer ficar para trás dos seus concorrentes, continue a leitura! No blog de hoje, vamos explicar o que é sorvete quente e como usá-lo no seu negócio.

O sorvete quente é uma tendência

Quem trabalha com sorveteria sabe o quanto vender sorvete no inverno pode parecer uma missão impossível. Mas, a verdade é que um pouco de criatividade pode resolver este problema.

Foi assim que surgiu o sorvete quente. E, principalmente, é por isso que ele vêm se tornando uma tendência que veio para ficar neste mercado.

Isto porque as vendas das sorveterias chegam a cair 70% durante o período mais frio do ano. Dessa forma, não resta escolha a não ser inovar o cardápio para esta estação.

Além disso, é comum vermos o sorvete apenas como uma sobremesa. Mas, ele é um alimento acima de tudo. Por isso, é natural que surjam novas receitas com o tempo.

Quando estas novas combinações ajudam a mostrar que o sorvete não combina só com o calor, melhor ainda! Então, não é à toa que o sorvete quente tem conquistado o seu lugar.

Como se usa o sorvete quente

É hora de bombar a sua sorveteria mesmo nos dias mais frios do ano. E para isso, vamos entender, de uma vez por todas, como se usa o sorvete quente.

Mas, a verdade é que o segredo desta sobremesa não poderia ser mais simples: basta combinar a sensação gelada do sorvete com algum alimento de preparo quente.

E se engana quem pensa que apenas as caldas quentes são uma opção. É possível combinar o sorvete com bolos, waffles, brownies, churros e até mesmo canjicas!

Na imagem, recipientes com bolas de sorvete cobertas por calda quente de chocolate.
A calda quente de chocolate é o acompanhamento mais comum para sorvete nos dias frios. Foto/Reprodução: Nestlé.

Além, claro, de turbinar a receita com complementos variados. Vale apostar desde os tradicionais, como chocolate, frutas, cremes e suspiros ou até mesmo arriscar uma farofa doce.

Sendo assim, chega de se esconder por trás do mito de que tomar sorvete no frio faz mal. É hora de inovar o seu cardápio e nós vamos te ajudar nessa!

Receita imperdível de sorvete quente

É preciso conhecer o tradicional para poder inovar. Por isso, neste blog, vamos te apresentar a principal receita de sorvete quente: o Affogato.

Parece difícil, mas é muito mais fácil — e gostoso, do que parece. Afinal, o Affogato é simplesmente a união de duas paixões brasileiras: o café e o sorvete.

Assim, para preparar esta sobremesa, basta separar 2 bolas de sorvete sabor creme e 100 ml de café expresso. Depois, coloque o sorvete em uma taça e despeje o café por cima.

Esta é a receita original. Mas, a partir deste exemplo, é possível complementar com outros ingredientes e montar sua própria versão deste tipo de sorvete quente.

Para isso, abuse da criatividade! Pode apostar em caldas, leite condensado, chantilly, raspas de chocolate, avelãs e o que mais a imaginação permitir. 

Não existem regras quando o assunto é inovar o cardápio!

Sorvete quente: Na imagem, café sendo despejado em uma caneca com sorvete.
O Affogato é uma combinação italiana de café e sorvete.

Bônus: O que vender em uma sorveteria em época de frio?

O segredo para manter as vendas o ano todo é se reinventar. E, entender o que o seu público mais gosta de consumir em cada estação, torna isto muito mais fácil.

Assim, um exemplo é durante as festas de quadrilha, em que as pessoas adoram comer os alimentos típicos. Ter um cardápio de sorvetes juninos nesta época é garantia de sucesso.

O mesmo acontece no inverno. Durante os dias mais frios, as pessoas tendem a preferir alimentos mais consistentes e de temperaturas quentes. E nós já vimos, com o sorvete quente, que isso é totalmente possível.

Dessa forma, aposte nos acompanhamentos de sorvete para turbinar o seu cardápio de inverno. Algumas boas opções para isso são:

  • Bolo com recheio de sorvete;
  • Petit-gâteau;
  • Chocolate quente com sorvete;
  • Crepes recheados;
  • Waffles;
  • Rocambole de chocolate com sorvete;
  • Fondue;
  • Sorvetes com sabor de bebidas alcoólicas quentes.

A verdade é que as possibilidades são infinitas. Mas, é importante sempre manter a relação dos novos alimentos com o universo do sorvete. Assim, você pode inovar sem descaracterizar o seu negócio.

Gostou de saber mais sobre o sorvete quente? Então, clique aqui e acesse o blog da Snowfruit para conferir outras dicas que podem te ajudar a aumentar os resultados da sua sorveteria.

Quais são os melhores acompanhamentos para açaí?

Quais são os melhores acompanhamentos para açaí?

Todo mundo já sabe que o açaí é uma paixão nacional! Mas, você sabe como tornar essa sobremesa ainda mais saborosa e atrativa para os seus clientes? 

Se você pensou em acompanhamentos para açaí, parabéns! Você está no caminho certo para agradar milhares de brasileiros que consideram que uma tigela desta sobremesa gelada só estará completa se vier acompanhada de outras delícias.

Além disso, os acompanhamentos também são uma maneira de diversificar o cardápio e agregar ainda mais valor a um produto que já é muito lucrativo.

Por isso, chega de perder tempo! É hora de destacar o seu negócio no mercado e oferecer os melhores acompanhamentos para açaí para os seus clientes!

No blog de hoje, vamos contar um pouco mais sobre o fruto da Amazônia que conquistou o mundo. Então, continue a leitura para saber també quais são os acompanhamentos que mais combinam com ele de acordo com o gosto popular!

Vamos lá!

Curiosidade: de onde surgiu a paixão do brasileiro pelo açaí?

Se engana quem pensa que o brasileiro se apaixonou diretamente pelo creme gelado de açaí que conhecemos no Sudeste e no Centro-Oeste do país. As raízes desta fruta estão em outro lugar.

Afinal, antes de ser uma das sobremesas preferidas dessas regiões, ele já era muito apreciado no Norte e no Nordeste. E de uma maneira muito diferente da que conhecemos por aqui.

Isto porque, ele é um item da alimentação básica nestas regiões. Por isso, os acompanhamentos para açaí são outros alimentos, como arroz, feijão, camarão ou farinha de tapioca.

Na imagem, uma tigela de açaí com camarões como acompanhamento em volta.
Camarão com açaí é um prato típico da região norte do país. Fonte/Reprodução: Ministério do Turismo

Para se tornar a sobremesa que conquistou o mundo, foi preciso adaptar o fruto. O que aconteceu por meio de um mix da polpa desta fruta com outros ingredientes, como o xarope de guaraná.

Tudo isto para deixar o gosto do açaí mais adocicado, sem seu sabor terroso característico. E,claro, também para dar a ele a consistência de sorvete que a gente ama!

Mas, seja com camarão ou confetes de chocolate, a verdade é que não existe maneira errada de comer açaí! O fruto tipicamente brasileiro conquista o coração de quem prova, seja na hora do almoço ou da sobremesa.

Acompanhamentos para açaí para todos os gostos

Que atire a primeira pedra quem nunca conheceu alguém que dizia não gostar de açaí e que, depois de provar a primeira tigela, cheia de outras delícias, não largou mais.

Esta é mais uma vantagem dos acompanhamentos para açaí! As opções são tantas e tão variadas que é praticamente impossível não encontrar pelo menos uma que agrade ao paladar mesmo dos mais críticos.

Assim, dá para agradar aqueles mais saudáveis e que estão buscando o emagrecimento, oferecendo opções como granola e banana. E também aos que não abrem mão do bom e velho doce, com a possibilidade de acrescentar balas ou chocolate.

Desta forma, com um cardápio de acompanhamentos diversificado, é possível conquistar todos os tipos de clientes. O que faz o seu negócio crescer e se destacar cada vez mais!

Quais são os acompanhamentos para açaí mais consumidos?

A verdade é que não existem regras quando o assunto é açaí. No geral, quanto mais variedade de acompanhamentos você oferecer, mais atraente se tornará o seu negócio. 

Mesmo assim, é fundamental oferecer aqueles mais tradicionais, que já estão consolidados entre os preferidos dos consumidores e têm aprovação garantida. Afinal, eles também são mais facilmente encontrados em locais onde se compra acompanhamentos para açaí.

Mas, também não hesite em inovar e experimentar acompanhamentos únicos e personalizados. Eles farão com que os clientes vejam o seu negócio como um lugar onde é sempre possível experimentar novos sabores.

Dessa forma, vamos te ajudar a começar a pensar nas novidades do seu próximo cardápio. Confira quais são os acompanhamentos para açaí mais pedidos entre os brasileiros.

Banana

Como sabemos, o consumo de açaí é muito comum nas refeições de pré e pós-treino de atletas ou pessoas que têm o hábito de praticar atividades físicas.

Por isso, entre esse público, a banana está entre os acompanhamentos mais pedidos. Isto porque ela é rica em potássio, magnésio e fibras e, geralmente, faz parte da dieta do dia a dia destas pessoas.

Granola

O aspecto crocante da granola, que é feita de frutas secas, grãos, sementes e açúcar mascavo, combina perfeitamente com a cremosidade do mix de açaí.

Além disso, ela está entre as mais queridas do público fitness, graças ao seu potencial de saciedade e melhora do metabolismo. E também do público em geral, que foi conquistado pela sua crocância.

Leite condensado

O leite condensado é um dos acompanhamentos para açaí mais importantes desta lista para quem não abre mão de adoçar a vida sempre que possível,

Aliás, principalmente quando é combinado com frutas, como o morango ou a banana. Assim, ele deixa o sabor desta sobremesa ainda mais doce e cremoso. Sem dúvida, é um dos acompanhamentos preferidos dos consumidores!

Leite em pó

Já faz tempo que o leite em pó deixou de ser consumido apenas para o preparo da bebida e passou a fazer parte das receitas de sobremesa mais queridas pela população.

Além disso, os benefícios nutricionais, como proteínas, vitaminas, sais minerais, cálcio e potássio são inúmeros. E não dá pra negar que o leite em pó é também uma delícia.

Dessa forma, é claro que ele combina perfeitamente com a cremosidade do mix de açaí!

Frutas variadas

As frutas são uma maneira simples e muito apreciada pela grande maioria do público para diversificar e trazer um sabor a mais como acompanhamentos para açaí.

Entr elas, as mais tradicionais e, geralmente, também mais queridas para complementar o açaí, são a banana, o morango ou a uva. Mas, também é possível investir em frutas da estação e ir renovando o seu cardápio no decorrer do ano.

Na imagem, tigela de açaí coberta por frutas variadas.
Combinações de frutas estão sempre entre os acompanhamentos mais pedidos para açaí.

Chocolate

O chocolate não está entre os sabores que mais agradam apenas quando falamos em sorvete. Eles também são unanimidade entre os fãs dos acompanhamentos para açaí.

Confetes, bis, granulado, gotas de chocolate, ovomaltine, calda ou brigadeiro. Enfim, as possibilidades com o chocolate são infinitas e uma mais tentadora do que a outra. Dessa forma, é sucesso garantido para o seu cardápio!

Doces e balas

Lembra que falamos que os amantes do bom e velho doce também precisam ser contemplados no seu novo cardápio? Então!

Quem não adora uma jujuba, caramelo ou paçoca? Eles não são uma delícia apenas sozinhos, no açaí também — e talvez até mais. Por isso, vale a pena investir em algumas guloseimas para complementar esta sobremesa.

Mousse

Parece inusitado, mas a verdade é que o açaí combina muito com mousse! E tem se tornado cada vez mais comum ver a combinação destas duas sobremesas.

Afinal, se mousse já é bom sozinho, imagina com açaí? Principalmente os de fruta, como maracujá e morango. Eles têm conquistado o paladar dos brasileiros e são uma tendência para se ficar atento e apostar!

Você conhece o açaí da Snowfruit?

A Snowfruit é uma fábrica de açaí e sorvetes que já está há 19 anos no mercado garantindo a satisfação dos consumidores por meio das melhores e mais modernas receitas.

Estamos sempre evoluindo o nosso processo de fabricação com produtos 100% naturais e uma tecnologia de ponta. Tudo isso em uma busca permanente pela excelência dos nossos produtos.

Assim, tanto para os amantes de um bom açaí, quanto para aqueles que desejam se tornar um revendedor, a Snowfruit garante qualidade e preço justo de uma maneira que você nunca viu igual!

Então, agora que você já sabe como os acompanhamentos para açaí podem ajudar a alavancar as suas vendas, entre em contato para se tornar um revendedor Snowfruit e oferecer a melhor qualidade para os seus clientes!

Faz mal tomar sorvete no frio?

Faz mal tomar sorvete no frio?

Você passou a vida inteira acreditando que tomar sorvete no frio pode causar gripes, resfriados ou dores de garganta? Acredite, você não está sozinho nessa, mas saiba que isso não passa de um mito que foi contado para todos nós!

Para alegria geral da população, o consumo de sorvete no inverno — ou em qualquer outra estação do ano — não tem relação com o aumento das doenças respiratórias que geralmente acontecem durante as épocas de temperaturas mais baixas.

Gripes e resfriados são mais comuns no inverno, mas não têm qualquer relação com o consumo de sorvete.

É verdade que os índices desses problemas nas vias aéreas realmente crescem durante o inverno. Mas, ao contrário do que falam, isso acontece devido à baixa umidade do ar, à exposição ao frio intenso sem proteção suficiente ou à poluição.

Além disso, as gripes e os resfriados são causados pelo contato com vírus específicos ou com pessoas contaminadas por esse vírus e não podem ser adquiridos por meio do consumo de alimentos, mesmo os gelados.

Para ter um argumento completo na ponta da língua sempre que alguém disser que tomar sorvete no frio faz mal, continue a leitura para entender de onde surgiu esse ditado e porque ele não é verdadeiro.

De onde surgiu a ideia de que sorvete no frio faz mal?

Fique calmo, a sua avó não quis mentir quando falou para você não tomar sorvete no frio! Esse é um dos mitos sobre sorvete mais antigos e vem sendo passado de geração em geração há vários anos. Por isso, é comum que as pessoas realmente acreditem nisso.

O que acontece é que as pessoas tendem a relacionar o gelado do sorvete com as baixas temperaturas. Dessa forma, essa associação poderia deixar nosso organismo mais exposto às doenças respiratórias tão comuns nessa época do ano.

Mas a verdade é que o sorvete é totalmente inocente nessa história. Durante o frio, as pessoas tendem a se aglomerar em ambientes fechados. Isso, somado aos fatores que já citamos, é o que facilita a transmissão dos vírus de uma pessoa para outra.

Essa situação prejudica principalmente as crianças, já que elas não têm defesas imunológicas tão resistentes. Como elas são, geralmente, as maiores admiradoras do sorvete no frio, isso também contribui para a má fama do gelado nas baixas temperaturas.

Com tudo isso, muitas já deixaram de se deliciar com uma das sobremesas favoritas do brasileiro porque alguém um dia falou que o consumo de sorvete no inverno pode fazer mal à nossa saúde.

Afinal, qual é o veredito? 

A verdade é que existem diversas possíveis explicações sobre a associação do sorvete às gripes, resfriados ou dores de garganta, mas nenhuma delas é verdadeira. Sendo assim, é mito que tomar sorvete no frio faz mal!

A prova disso é que na Europa, onde as temperaturas tendem a ser mais baixas e o inverno muito rigoroso, as pessoas chegam a consumir quase três vezes mais sorvetes que os brasileiros, independente da estação do ano.

Já foi comprovado cientificamente que a temperatura do ambiente, da água do banho ou dos alimentos não tem nenhuma influência na incidência ou intensidade das doenças respiratórias comuns no inverno.

O sorvete é um alimento nutritivo, fonte de energia e pode oferecer diversos benefícios para a saúde. Essa sobremesa, inclusive, é recomendada no pós-operatório de cirurgias bucais para aliviar a dor e o inchaço — mesmo no inverno.

Dadas as devidas explicações sobre a fake news do sorvete no frio, está liberado reunir os amigos para tomar um delicioso sorvete mesmo nos dias em que as temperaturas estiverem mais baixas!

O consumo de sorvetes não precisa se restringir ao verão. Ele é indicado em qualquer estação do ano.

Você pode e deve tomar sorvete até nos dias mais frios

O sorvete, que já é muito querido por todos, ainda é mais saudável do que a maioria de nós imagina. Além de trazer mais sabor e alegria, ele também pode proporcionar diversos benefícios nutricionais.

O sorvete é fonte dos principais nutrientes para a saúde e bem-estar, como proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas A, B1, B2, B6, C, D, E e K. Ele também possui minerais, como o fósforo e o cálcio, que é essencial para a saúde dos ossos. 

Você pode incluir essa sobremesa na sua dieta de forma pura ou acompanhada dos mais variados complementos em receitas que agradam a qualquer paladar. Não tem desculpa para não provar!

Ou seja, com moderação, o consumo de sorvete no frio inverno, ou em qualquer outra estação do ano, não só está liberado como também é recomendado para a sua saúde!

Se você, assim como nós, é amante de sorvete, não deixe de conferir outras dicas e curiosidades sobre essa maravilha gelada no blog da Snowfruit.

O que eu preciso para começar minha sorveteria?

O que eu preciso para começar minha sorveteria?

Para montar uma sorveteria de sucesso, você precisa encontrar fornecedores que garantam sorvetes ou ingredientes de qualidade. Além do produto em si, é importante você investir nos outros elementos do Marketing. Portanto, analise os concorrentes e encontre um local ideal para o negócio. Observe também os equipamentos mais adequados, seja para revenda, seja para fabricação. 

Que o sorvete é saboroso e divertido, não há dúvidas. Mas será que vale a pena montar uma sorveteria? Se sim, por onde começar? 

O blog de hoje responde a essas perguntas e explica tudo o que você precisa saber para se destacar no mercado de sorvetes. Boa leitura! 

Entenda tudo sobre o mercado de sorvetes

Se você é novo(a) no mercado de sorvetes, ninguém melhor para te ajudar a entendê-lo do que a Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (ABIS). 

Sabe quantos litros de sorvete os brasileiros consumiram em 2020? Mais de 1 bilhão! É o que informa a ABIS. 

Na prática, esse consumo gerou 100 mil empregos diretos e 200 mil empregos indiretos. “Mas e as vendas?”, você poderia perguntar… 

Ainda segundo a ABIS, o faturamento supera os 13 bilhões de reais por ano

Esses dados confirmam o potencial do mercado de sorvetes. 

Por que eu devo começar minha própria sorveteria?

“Será que vale a pena começar minha sorveteria no meio de uma pandemia?” 

Se você acha que essa rima é indesejável, pense novamente… A resposta à pergunta é simVale a pena começar uma sorveteria neste momento. 

Já que a preocupação se refere a saúde e finanças, descubra dois motivos que te deixarão tranquilo(a) e otimista. 

A primeira grande razão para você montar sua sorveteria é a qualidade do produto. Você sabia que, além de sabor e diversão, está comprovado cientificamente que o sorvete faz bem para a saúde? Pois é! 

A outra razão fundamental para você abrir o seu negócio de sorvetes é o crescimento constante do segmento. De 2003 a 2016, as vendas só aumentaram, e de milhões para bilhões! 

Portanto, se você abrir sua sorveteria, você estará contribuindo para a saúde física e mental das pessoas e investindo em um negócio de sucesso garantido

Quais são os principais equipamentos que eu devo adquirir para montar uma sorveteria?

Você quer começar uma revenda de sorvetes, e não uma fábrica, certo? 

Parece óbvia, mas essa pergunta é fundamental para você saber quais equipamentos são necessários em uma sorveteria

Se é revenda, o foco está em materiais de atendimento. Se é fábrica, a ênfase está na produção

Imagine que você compre o sorvete de terceiros. Nesse caso, você precisa de 8 equipamentos básicos: 

  • Balcão de atendimento 
  • Ponto de venda 
  • Freezer armazenador e expositor 
  • Balança 
  • Letreiro 
  • Batedeira industrial 
  • Mesas e cadeiras 
  • Embalagens e afins 

Suponha agora que você mesmo(a) produza o seu sorvete. Então, a lista de equipamentos inclui 7 itens fundamentais: 

  • Balança 
  • Batedeira industrial 
  • Embaladoras, datadores e codificadores 
  • Liquidificador industrial 
  • Fogão industrial 
  • Freezer armazenador 
  • Maturador 

Por fim, cabe lembrar que praticamente qualquer negócio precisa também de material de escritório e veículos de transporte. 

Dicas fundamentais para montar uma sorveteria de sucesso

“Conheço o mercado, sei do potencial e tenho a lista de equipamentos. Já posso montar minha sorveteria?” 

Estamos quase lá! Até agora, você construiu uma visão geral do mercado e do negócio.  

O que falta são as orientações específicas para você se destacar no segmento. 

Então, vamos direto às 6 dicas fundamentais para montar uma sorveteria de sucesso

1) Procure bons fornecedores

O seu sucesso depende do seu esforço, mas também de bons parceiros.  

Por isso, trabalhe somente com fornecedores que garantam o melhor sorvete

Observe também a pontualidade e o preço. Afinal, mesmo que o sorvete seja bom, não compensa viver em função de atrasos e prejuízos, não é verdade? 

2) Tenha ingredientes de qualidade

Caso você realmente pretenda fazer o seu próprio sorvete, a atenção deve estar nos ingredientes. 

Os equipamentos não fazem milagre quando os insumos deixam a desejar. Então, verifique aspectos como matéria-prima, conservantes e armazenamento. 

3) Analise os concorrentes  

Se você chegou até aqui, é porque você não quer ser mais um no mercado certo, certo? E a chave para isso é analisar os concorrentes. 

Portanto, antes de começar a sua sorveteria, observe outras lojas do segmento e, se possível, consuma o produto delas. 

Dessa forma, você conhecerá as forças e as fraquezas dos seus concorrentes

O próximo passo é definir o foco da sua estratégia de diferenciação: produto, preço, atendimento etc. O que você consegue fazer melhor? 

4) Encontre o local ideal

Sabe aquela sorveteria que tem um produto incrível, mas que está mal localizada? Esse é o foco da quarta dica. 

Seja para vender no local, seja para fazer entrega, o seu ponto precisa de visibilidade e acessibilidade. Não fique escondido nem distante do seu público. 

 5) Faça um bom trabalho de Marketing

Além do local físico, a sua marca também precisa ser vista. Mais do que isso, deve ser reconhecida e admirada pelos interessados em sorvete. 

Por essas razões, invista em uma logomarca que comunique bem a sua sorveteria. A partir daí, planeje, realize e monitore ações de divulgação com foco em vendas. 

Não se esqueça de que nem todos os amantes de sorvete passam caminhando na frente da sua loja física. Logo, um trabalho de redes sociais é indispensável, principalmente em tempos de isolamento pela Covid-19. 

6) Tenha bons produtos no seu estabelecimento

Terminamos o blog de hoje retornando ao primeiro destaque da nossa conversa: a qualidade do produto

É fato que o sorvete faz bem para a saúde e vende muito, mas as pessoas não gostam de qualquer sorvete. Portanto, não comece a sua sorveteria com qualquer produto. 

Se você compreendeu esse ponto e deseja colocar em prática as nossas dicas, é hora de conhecer uma parceira de sucesso para a sua loja! 

Snowfruit é uma fabricante de sorvetes com excelente qualidade para você disponibilizar no seu estabelecimento. 

A empresa oferece dezenas de sabores, distribuídos nas linhas Tradicional, Premium e Zero Açúcar. 

Além disso, a Snowfruit sabe que montar uma sorveteria não é fácil. Por isso, ela disponibiliza um freezer cheio de sorvetes, picolés e açaí para todos os revendedores

Se você ainda tinha dúvidas sobre por que e como começar uma sorveteria, seus problemas terminaram. Sucesso nas vendas! 

Conheça os benefícios do sorvete

Conheça os benefícios do sorvete

Compartilhe com a gente: você sabia que o sorvete pode trazer diversos benefícios para a sua saúde?  

Isso mesmo! Além de ser uma das sobremesas preferidas dos brasileiros, os sorvetes apresentam benefícios nutricionais.  

Com um consumo equilibrado e consciente, eles são uma fonte de energia e, claro, de sabor e alegria!  

Sorvete é mais saudável do que você poderia imaginar

Se comparamos o sorvete com outras sobremesas clássicas, ele é um produto e alimento completo e fonte dos principais nutrientes necessários para a sua saúde e bem-estar. 

Além disso, também é um excelente complemento alimentar por ser rico em proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas A, B1, B2, B6, C, D, E e K, além de cálcio, fósforo e outros minerais. 

Ou seja, no verão e em todas as estações do ano, seu consumo está liberado e é indicado!  

Conheça os principais benefícios do sorvete  

Vamos conhecer juntos os principais benefícios dos sorvetes! Acompanhe a seguir.  

Fonte de Vitaminas

Como complemento nutritivo, os sorvetes também são uma fonte de vitaminas, como A, B1, B2, B6, C, D e K. São muitas, não é? Com certeza você se surpreendeu positivamente!  

A vitamina A, por exemplo, é um excelente antioxidante para o bom funcionamento dos olhos.   

Já a vitamina B12 melhora a memória e o sistema nervoso. Mais alguns benefícios dos sorvetes!  

Fonte de Minerais

Quando falamos de minerais presentes nos sorvetes, na prática significa que eles contêm cálcio e fósforo

Os sorvetes que levam leite na receita, como os da Snowfruit, são fontes de cálcio. Assim, a sua saúde dentária e dos ossos é altamente beneficiada. Inclusive o cálcio também é responsável por auxiliar a limpeza de gordura do nosso organismo.  

O fósforo também é um componente essencial para o corpo humano ao contribuir para um bom funcionamento do metabolismo e para a saúde dos músculos. 

Fornece energia

Como conversamos, por apresentar uma série de vitaminas, carboidratos e proteínas, as diversas opções de sorvete são uma fonte de energia.  

Assim, se você busca ter disposição física, fôlego para as atividades físicas e motivação para a rotina do dia a dia, aposte em pequenas doses de sorvete ao longo dos dias!  

Portanto, o fornecimento de energia é mais um dos benefícios dos sorvetes!  

O sorvete fortalece os ossos

A vitamina D presente na fórmula dos sorvetes é fundamental para o desenvolvimento e manutenção dos ossos, além de estimular o sistema imunológico. 

Portanto, se você precisar fortalecer o seu corpo, aposte em vários sabores de sorvete e inclua na dieta!  

O sorvete estimula o sistema imunológico

Um sistema imunológico fortalecido também pode ser estimulado pelo consumo de sorvetes.  

Isso porque ele contém as vitaminas D e B1. A vitamina B1 está presente nos sorvetes e é essencial para funcionamento do sistema nervoso saudável e melhora do funcionamento cardiovascular do corpo. 

Enquanto isso, a vitamina D é importante para o desenvolvimento e manutenção dos ossos, estimulando o sistema imunológico.  

Concorda que se manter saudável com todos esses benefícios dos sorvetes fica mais fácil?  

O sorvete te deixa mais feliz  

Pense nos momentos de alegria com a família e nas memórias construídas que o ato de compartilhar um sorvete traz!  

Centro de Medicina da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, comprovou cientificamente que o sorvete contém triptofano, um aminoácido que proporciona tranquilidade, felicidade e relaxamento. 

Não tem nada melhor do que tomar um sorvete em uma tarde ensolarada ao lado dos amigos, não é verdade? Bom, agora você conhece mais um dos benefícios dos sorvetes! 

Considere incluir sorvete na sua dieta com moderação

Agora que você já conhece os benefícios dos sorvetes para o seu bem-estar e qualidade de vida, pode incluir na dieta.  

O segredo é o consumo moderado para equilibrar os benefícios, valor nutricional e calórico.  

Divirta-se com equilíbrio e prazer!  

Conheça a Snowfruit 

Quem prova Snowfruit reconhece que é uma sensação nova a cada pedaço. Nossas receitas evoluem em um processo de fabricação modernizado! 

Nossa empresa nasceu do sonho de um jovem apaixonado por sorvetes em Contagem, em Minas Gerais.  

Com 19 anos de mercado e muitas histórias para contar, hoje compartilhamos alegria e sabor com você por meio dos nossos sorvetes, picolés e açaí.  

O segredo por traz de tanto sabor? Utilizamos tecnologia de ponta e produtos naturais, como frutas frescas, produtos italianos, americanos, além de alguns nacionais de ótima qualidade. 

Ficou com água na boca? Nós também!  

São diversas linhas para você adquirir e revender no seu estabelecimento, garantindo maior rentabilidade para o seu negócio – como também clientes fiéis que, convenhamos, vão amar os nossos picolés. 

Conheça nossa linha completa e diversificada e apaixone-se pela Snowfruit! 

Pré e Pós-treino com Açaí

A prática de exercícios físicos está cada vez mais inserida na rotina do brasileiro. Entre os anos de 2009 e 2017, houve um aumento de 24% no número de pessoas que praticavam atividades físicas, segundo dados da Pesquisa Vigitel. Mas nem todo mundo sabe os alimentos que devem consumir antes e depois do treino. É possível fazer o pré e pós-treino com açaí, veja abaixo.

Pré-treino

Com grande concentração de gorduras boas e carboidratos, o açaí é um fruto altamente energético. Isso contribui em manter o condicionamento físico antes do treino. O consumo deve ser realizado entre 60 a 90 minutos antes da atividade física, em quantidade que variam de acordo com o metabolismo de cada um. O Açaí ajuda a manter a glicemia e a maximizar os estoques de glicolato, a energia rápida do organismo. Ajudando, assim a manter o condicionamento físico durante o treino.

Pós-treino

A alimentação após a atividade física serve para repor as reservas de glicogênio e as perdas de líquido. Assim, o açaí também é uma boa opção pós-treino, já que ele consegue repor , de maneira rápida, a energia e a glicose perdida durante o exercício. Além disso, os antioxidantes auxiliam a combater os radicais livres gerados pela atividade física, desta forma, ajudando na regeneração muscular e evitando perda de massa magra.