Mercado de Açaí no Mundo

O mundo vem se rendendo aos encantos do Açaí. Essa frutinha nativa da Amazônia percorre um caminho imenso para chegar na mesa dos brasileiros e até de americanos e japoneses. O Açaí é considerado um alimento com alto valor energético, o que desperta o interesse deste fruto pela indústria nacional e internacional. Sua polpa é utilizada para produção de sucos, sorvetes, mix de frutas e consumido in natura. As propriedades antioxidantes do Açaí o incluem no grupo de alimentos funcionais prevenindo doenças que estão relacionadas ao estresse oxidativo. Exatamente por isso há uma demanda tão grande em encaixar no cotidiano das pessoas.

O Consumo Clássico

Os brasileiros consomem Açaí misturado com xarope de guaraná, banana, ou granola. Já nos Estados unidos ele é consumido puro e é considerado um suplemento alimentar bastante poderoso. Dados do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), de 2014, mostram que 55,4% do Açaí é enviado para fora do País por pequenas e médias empresas. Açaí, Cupuaçu e outras frutas da região Norte são enviadas, em forma de polpa, suco, óleo ou manteiga, para mais de 30 países.

O fato é que essa fruta amazônica é um sucesso no Brasil e fora dele. Cada vez mais pontos de venda de açaí surgem em nosso país. Oferecer um produto de qualidade e em ambientes agradáveis é um boa aposta para esse mercado que vem crescendo cada dia mais.

E você, já conhece o Açaí da Snowfruit? Oferecemos uma embalagem de 10 litros para nossos revendedores  com o açaí mais saboroso da região. Também temos um delicioso creme de açaí para você degustar puro ou com o acompanhamento que preferir. É a energia e o vigor do açaí com a qualidade e o sabor que só a Snowfruit oferece.

Está esperando o que? Se você deseja ser um revendedor, entre em contato conosco. Mas se você é apenas um degustador dessa delícia, procure o ponto de venda mais próximo da Snowfruit.

Emagrecendo com Açaí

O Açaí está se popularizando cada vez mais. Não só no Brasil, como no mundo inteiro ele vem conquistando o paladar de das pessoas. Ele é uma fruta nativa da Amazônia brasileira e tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Muitas pessoas estão emagrecendo com açaí. Nós já falamos das propriedades nutritivas da fruta aqui no blog, clique aqui para conferir.

A farmacêutica Vívian da Silva Santos elaborou uma pesquisa pela Universidade de São Paulo (USP), analisou a polpa de 12 frutas de diferentes localidades. Foi constatado que a polpa do açaí é muito rica em ferro, cálcio, zinco e magnésio. Todos esses minerais essenciais para a saúde e alimentação saudável, e são grandes aliados para quem busca perder peso.

O Núcleo de estudos e Pesquisas em Alimentação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), publicou na Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO) que 100g de polpa de açaí tem 110 calorias. Mas quando a polpa está congelada, sem outras adições, o valor energético cai para 58 calorias.

Muitas pessoas deram ao açaí a fama que seu consumo pode engordar, mas na verdade o que faz do açaí um vilão para as dietas é a adição de xarope de guaraná. É esse xarope que adoça a polpa e provoca um pico de insulina fazendo com que o organismo sintetize mais gordura. Leite condensado, leite em pó, caldas, mel, iogurte, farinha láctea, guloseimas industrializadas… Estão sempre presentes nos cardápios para serem consumidos juntos com o açaí. São eles que tornam a polpa da fruta em uma bomba calórica.

Fazendo as contas

Em média, uma porção de açaí de 500g de polpa e sem o xarope de guaraná te 290 calorias. Quando adicionamos uma banana, esse número vai para 380. Mas se você adicionar 100g de leite condensado e outros acompanhamentos, o valor pula para 1 mil calorias.

Frutas como banana, morango e açaí são ótimas opções para o acompanhamento do açaí, nessas condições, ou até mesmo puro, ele estimula a perda de peso pela sensação de saciedade. Novos estudos também estão sendo desenvolvidos e estão ligando o consumo de açaí com a redução da glicemia, insulina, e colesterol ruim.

Agora que tal se deliciar com o açaí da Snowfruit combinado com frutas?

Mitos sobre o Sorvete

Eles podem ter a fama de destruidores de dieta, mas esse pensamento pode estar completamente equivocado. Na verdade, sorvetes podem ser bastante nutritivos. Para quem não sabe, o sorvete é fonte de vitaminas A, B1, B2, B6, C, D, E e K, fósforos e outros minerais. Os sorvetes de massa, aqueles que consumimos em bolas, também nos oferece uma fonte de cálcio.

O nosso querido sorvete de bola é feito com leite integral e é por isso que ele contém mais gordura, 3% no total. Já aqueles sorvetes que saem de máquinas, possui 1% de gordura em sua composição. Essas características nutricionais também valem para os picolés, que podem ser feitos de sorvete de massa, quanto de sorbet de frutas. Clicando aqui você pode saber mais sobre os diferentes tipos de sorvete.

O sorvete cremoso não contém gorduras trans, isso ocorre por ele ser feito com a gordura do próprio leite. Além disso, ele também conta com água, açúcar e outros ingredientes que dão o sabor do sorvete. Para ajudar na cremosidade, micro bolhas de ar são adicionadas no processo de congelamento, tudo isso para deixar a textura ainda mais macia.

Em duas bolas de sorvete à base de leite, o que equivale a 100 gramas, contém aproximadamente 190 calorias. Eles são mais calóricos, mas por serem feitos de com leite também oferecem mais proteínas – de 1 a 4%-, o que ajuda ainda mais na ingestão de cálcio. Nessa porção você tem 14% do valor diário de cálcio que o nosso corpo precisa.

Veredito final

Logo, o sorvete é sim um alimento nutritivo. Você não deve ficar com a consciência pesada por consumir uma ou duas bolas de sorvete. Na verdade o sorvete pode ser uma das três porções diárias de laticínios que são recomendadas em uma dieta equilibrada. O que realmente preocupa são os acompanhamentos que consumimos junto com o sorvete. Ele se torna altamente calórico quando é consumido com caldas, chantilly, chocolates e confeitos.

Agora que você já sabe que sorvete não combinar com dieta é um mito, pode ficar tomar seu Snowfruit sem culpa e desfrutar desse alimento nutritivo e saboroso.

Sorvete contra os efeitos da quimioterapia

Sobremesa especialmente desenvolvida para pacientes

A quimioterapia, tratamento para o câncer, pode causar vários sintomas. Náuseas, vômitos, feridas na boca, aftas, mucosite e sensação de boca seca. Agora, as pessoas em tratamento podem contar com um alimento que alivia esses problemas e funciona como suplemento, atendendo também as necessidades nutricionais.

Um sorvete especial foi desenvolvido pela equipe de nutricionistas da Universidade Federal de Santa Catarina. Ele é resultado TCR (Trabalho de Conclusão de Residência) no hospital universitário da Universidade. A nutricionista Paloma Mannes é a criadora, especialista em Saúde com Ênfase em Alta Complexidade.

“O principal objetivo da criação desse produto é proporcionar aos pacientes o consumo de um alimento saboroso e nutritivo. Que contemple não apenas a questão nutricional, pois ele tem alta densidade energética e é fonte de fibras e de proteínas, mas que também seja saboroso. Considerando que durante o tratamento o paladar encontra-se alterado e são inúmeras as queixas de falta de apetite. Contribui com a redução dos efeitos colaterais da quimioterapia e proporciona um tratamento mais humanizado”, explicou Paloma ao site G1.

O sorvete desenvolvido possui alto nível calórico como os sorvetes comuns, mas também é fonte de proteína de alto valor biológico e fibra, com baixo teor de gordura total e não possui gorduras trans, glúten ou lactose.

O sorvete além de ser uma delícia, é nutritivo e pode ajudar diretamente em nossa saúde, o que acharam da notícia?

Para ter acesso a matéria na íntegra clique aqui.

Sorvete sem Restrições

Muitas pessoas precisam de algumas restrições alimentares para manter a saúde em dia. Algumas delas sofrem de intolerância a algum alimento, seja ao glúten, lactose e outras não podem consumir alimentos com açúcar. Mas nem tudo está perdido!

A indústria vem evoluindo bastante para tornar o sorvete em uma delícia totalmente democrática. Hoje você já pode encontrar opções de sorvetes sem açúcar, light e até sem glúten.

Sem Açúcar

Para aquelas pessoas que não podem ingerir açúcar por problemas de saúde ou que têm um foco maior na dieta, facilmente você pode encontrar opções de sorvetes e picolés sem adição desse componente.  A Snowfruit tem a linha de picolé Zero Açúcar.

O frozen é uma opção para quem também quer apreciar um sorvete sem açúcar.

Sem Lactose

Já para pessoas com intolerância à lactose, a opção são os sorvetes e picolés se a atualização do leite. Você já ouviu falar dos sorbets? Eles são produzidos apenas com frutas e água, nada mais. Eles são uma excelente pedida para quem quer se refrescar e não pode ingerir alimentos com a lactose.

Falando em sorbet, você conhece os tipos de sorvete e as diferença entre eles? Clique aqui e leia o que preparamos sobre os tipos de sorvete.

Sorvete de Inhame

Sim, parece muito é estranho, mas é isso mesmo! Sabemos que o inhame é um tubérculo que não tem relação nenhuma com o sorvete, mas na Universidade Federal da Paraíba está sendo desenvolvida uma receita a base de inhame  livre de lactose e de glútem.

As propriedades espessante , estabilizantes e emulsificantes do inhame são muitíssimo semelhantes as gorduras e outros ingredientes usados na fabricação de sorvete. No lugar do leite é utilizada pasta de inhame cozido para aumentar a massa do produto, já para o sabor e textura agradável, outros ingredientes foram adicionados.

Estamos dando passos para tornar o sorvete ainda mais democrático e sem restrições, dessa maneira  todo mundo sai ganhando! E se você quer mais informações sobre a produção de sorvete e outras curiosidades, continue acompanhando o blog da Snowfruit.

 

 Os países que mais consomem sorvete no mundo

 

O Brasil é um país onde o verão reina. As praias, clubes, e qualquer outro meio de espantar o calor, ficam lotados na estação mais quente do ano. E com o aumento da temperatura o consumo de sorvete também eleva, mas não o suficiente para fazer o nosso país o campeão no quesito consumo.

Não importa se é picolé ou a tradicional casquinha, sorvete é uma delícia e todo mundo gosta. Mas é certo que existem pessoas que gostam mais e parece que elas estão concentradas em certos países.

Nos últimos anos o consumo de sorvete no país teve um aumento de 80%. Em 2016 foram consumidos no Brasil mais de 1 bilhão de litros de sorvete, numa média de 4,86 litros por pessoa. Embora os números sejam expressivos, o setor deve crescer ainda mais já que vivemos num país com altas temperaturas praticamente o ano inteiro.

Na União Europeia o consumo de sorvete teve um aumento de 10% devido aos recordes de temperatura em 2017. Mas o consumo não aconteceu apenas no verão, mas também em outras estações do ano. Os italianos são os maiores produtores de sorvete da Europa e principalmente lá o produto passa por uma dessazonalização, sendo consumido durante todo ano.

Ranking de Consumo

1º – Nova Zelândia

2º – Estados Unidos

3º – Canadá

4º – Austrália

5º – Suíça

6º – Suécia

7º – Finlândia

8º – Dinamarca

9º – Itália

10º- França

 

O mercado brasileiro de sorvetes só tende a crescer a cada ano, isso é muito bom para quem pensa em ingressar nesse mercado e para os consumidores de se deleitam com essa delícia. E você pensa em ser um revendedor de sorvetes ou apenas quer se dedicar a fazer o Brasil subir mais algumas posições nesse ranking? Seja qual for a sua escolha a Snowfruit ficará feliz em te ajudar.

Sorvete no café da manhã deixa você mais inteligente

Só quem é apaixonado por sorvete sabe a sensação que sentimos quando estamos de frente para essa maravilha. Sem contar que, no verão, dá vontade de tomar o dia inteiro. E, sem dúvida nenhuma, muita gente já pensou em devorar aquela tigela imensa do seu Snowfruit preferido no café da manhã. Quem nunca?

Agora imagina tomar sorvete no café da manhã e, de bônus, ficar ainda mais inteligente? Não, você não leu errado. Um estudo da Universidade de Kyorin, em Tóquio, provou que sorvete no café da manhã aguça a sua inteligência.

O japonês Yoshihico Koga, chefe da pesquisa, afirma que as funções do cérebro ficaram mais rápidas e desenvolvidas nas pessoas que apreciaram essa delícia logo pela manhã. No estudo, os especialistas japoneses mapearam os efeitos cerebrais de um grupo que comeu três colheres de sorvete como primeira refeição do dia. E de outro grupo que fez o desjejum com outros alimentos.

Todos foram submetidos a testes depois do café da manhã e os que haviam tomado sorvete se mostraram mais velozes, proativos e espertos para completar o teste. Depois os testes foram refeitos mais uma vez, mas no lugar de sorvete as pessoas tomaram água gelada. Quem tomou a água até teve um desempenho melhor, mas não se comparou com os níveis de quem tomou o sorvete. Isso serviu para mostrar que as pessoas não ficaram mais espertas só por tomar algo gelado pela manhã.

Outra delícia que pode ajudar no funcionamento do cérebro é o chocolate. Consumir uma vez por semana chocolate, de qualquer tipo, melhora o raciocínio e a memória. Só falta agora fazer o teste para pessoas que consomem Snowfruit de chocolate no café da manhã. Alguém aí se habilita?