Faz mal tomar sorvete no frio?

Faz mal tomar sorvete no frio?

Você passou a vida inteira acreditando que tomar sorvete no frio pode causar gripes, resfriados ou dores de garganta? Acredite, você não está sozinho nessa, mas saiba que isso não passa de um mito que foi contado para todos nós!

Para alegria geral da população, o consumo de sorvete no inverno — ou em qualquer outra estação do ano — não tem relação com o aumento das doenças respiratórias que geralmente acontecem durante as épocas de temperaturas mais baixas.

Gripes e resfriados são mais comuns no inverno, mas não têm qualquer relação com o consumo de sorvete.

É verdade que os índices desses problemas nas vias aéreas realmente crescem durante o inverno. Mas, ao contrário do que falam, isso acontece devido à baixa umidade do ar, à exposição ao frio intenso sem proteção suficiente ou à poluição.

Além disso, as gripes e os resfriados são causados pelo contato com vírus específicos ou com pessoas contaminadas por esse vírus e não podem ser adquiridos por meio do consumo de alimentos, mesmo os gelados.

Para ter um argumento completo na ponta da língua sempre que alguém disser que tomar sorvete no frio faz mal, continue a leitura para entender de onde surgiu esse ditado e porque ele não é verdadeiro.

De onde surgiu a ideia de que sorvete no frio faz mal?

Fique calmo, a sua avó não quis mentir quando falou para você não tomar sorvete no frio! Esse é um dos mitos sobre sorvete mais antigos e vem sendo passado de geração em geração há vários anos. Por isso, é comum que as pessoas realmente acreditem nisso.

O que acontece é que as pessoas tendem a relacionar o gelado do sorvete com as baixas temperaturas. Dessa forma, essa associação poderia deixar nosso organismo mais exposto às doenças respiratórias tão comuns nessa época do ano.

Mas a verdade é que o sorvete é totalmente inocente nessa história. Durante o frio, as pessoas tendem a se aglomerar em ambientes fechados. Isso, somado aos fatores que já citamos, é o que facilita a transmissão dos vírus de uma pessoa para outra.

Essa situação prejudica principalmente as crianças, já que elas não têm defesas imunológicas tão resistentes. Como elas são, geralmente, as maiores admiradoras do sorvete no frio, isso também contribui para a má fama do gelado nas baixas temperaturas.

Com tudo isso, muitas já deixaram de se deliciar com uma das sobremesas favoritas do brasileiro porque alguém um dia falou que o consumo de sorvete no inverno pode fazer mal à nossa saúde.

Afinal, qual é o veredito? 

A verdade é que existem diversas possíveis explicações sobre a associação do sorvete às gripes, resfriados ou dores de garganta, mas nenhuma delas é verdadeira. Sendo assim, é mito que tomar sorvete no frio faz mal!

A prova disso é que na Europa, onde as temperaturas tendem a ser mais baixas e o inverno muito rigoroso, as pessoas chegam a consumir quase três vezes mais sorvetes que os brasileiros, independente da estação do ano.

Já foi comprovado cientificamente que a temperatura do ambiente, da água do banho ou dos alimentos não tem nenhuma influência na incidência ou intensidade das doenças respiratórias comuns no inverno.

O sorvete é um alimento nutritivo, fonte de energia e pode oferecer diversos benefícios para a saúde. Essa sobremesa, inclusive, é recomendada no pós-operatório de cirurgias bucais para aliviar a dor e o inchaço — mesmo no inverno.

Dadas as devidas explicações sobre a fake news do sorvete no frio, está liberado reunir os amigos para tomar um delicioso sorvete mesmo nos dias em que as temperaturas estiverem mais baixas!

O consumo de sorvetes não precisa se restringir ao verão. Ele é indicado em qualquer estação do ano.

Você pode e deve tomar sorvete até nos dias mais frios

O sorvete, que já é muito querido por todos, ainda é mais saudável do que a maioria de nós imagina. Além de trazer mais sabor e alegria, ele também pode proporcionar diversos benefícios nutricionais.

O sorvete é fonte dos principais nutrientes para a saúde e bem-estar, como proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas A, B1, B2, B6, C, D, E e K. Ele também possui minerais, como o fósforo e o cálcio, que é essencial para a saúde dos ossos. 

Você pode incluir essa sobremesa na sua dieta de forma pura ou acompanhada dos mais variados complementos em receitas que agradam a qualquer paladar. Não tem desculpa para não provar!

Ou seja, com moderação, o consumo de sorvete no frio inverno, ou em qualquer outra estação do ano, não só está liberado como também é recomendado para a sua saúde!

Se você, assim como nós, é amante de sorvete, não deixe de conferir outras dicas e curiosidades sobre essa maravilha gelada no blog da Snowfruit.

Emagrecendo com Açaí

O Açaí está se popularizando cada vez mais. Não só no Brasil, como no mundo inteiro ele vem conquistando o paladar de das pessoas. Ele é uma fruta nativa da Amazônia brasileira e tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Muitas pessoas estão emagrecendo com açaí. Nós já falamos das propriedades nutritivas da fruta aqui no blog, clique aqui para conferir.

A farmacêutica Vívian da Silva Santos elaborou uma pesquisa pela Universidade de São Paulo (USP), analisou a polpa de 12 frutas de diferentes localidades. Foi constatado que a polpa do açaí é muito rica em ferro, cálcio, zinco e magnésio. Todos esses minerais essenciais para a saúde e alimentação saudável, e são grandes aliados para quem busca perder peso.

O Núcleo de estudos e Pesquisas em Alimentação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), publicou na Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO) que 100g de polpa de açaí tem 110 calorias. Mas quando a polpa está congelada, sem outras adições, o valor energético cai para 58 calorias.

Muitas pessoas deram ao açaí a fama que seu consumo pode engordar, mas na verdade o que faz do açaí um vilão para as dietas é a adição de xarope de guaraná. É esse xarope que adoça a polpa e provoca um pico de insulina fazendo com que o organismo sintetize mais gordura. Leite condensado, leite em pó, caldas, mel, iogurte, farinha láctea, guloseimas industrializadas… Estão sempre presentes nos cardápios para serem consumidos juntos com o açaí. São eles que tornam a polpa da fruta em uma bomba calórica.

Fazendo as contas

Em média, uma porção de açaí de 500g de polpa e sem o xarope de guaraná te 290 calorias. Quando adicionamos uma banana, esse número vai para 380. Mas se você adicionar 100g de leite condensado e outros acompanhamentos, o valor pula para 1 mil calorias.

Frutas como banana, morango e açaí são ótimas opções para o acompanhamento do açaí, nessas condições, ou até mesmo puro, ele estimula a perda de peso pela sensação de saciedade. Novos estudos também estão sendo desenvolvidos e estão ligando o consumo de açaí com a redução da glicemia, insulina, e colesterol ruim.

Agora que tal se deliciar com o açaí da Snowfruit combinado com frutas?