Sorvete na Taça: veja dicas de como vender

O sorvete na taça está cada vez sendo mais procurado pelas pessoas nas sorveterias de todo o país. Afinal, esta é uma forma muito legal de se deliciar com essa sobremesa, capaz de agradar adultos e crianças.

Quer aprender como vender sorvete na taça e consequentemente alavancar os seus lucros? A Snowfruit tem dicas que irão te ajudar.

Venha conferir!

O que é o Sorvete na Taça?

Esse tipo de sobremesa nada mais é do que uma taça com sorvete e diversos acompanhamentos. Contudo, este não é um sorvete como qualquer outro. Uma vez que ao ser servida na taça com uma variedade de adicionais, ela passa a ser um diferencial de qualquer negócio.

na foto observamos em primeiro plano uma taça de sorvete com diversos acompanhamentos. Em segundo plano há uma moça sentada pegando em uma xícara
O sorvete na taça é uma moda que veio para ficar!

Isso acontece porque o sorvete é servido com uma apresentação diferenciada, que leva em conta o capricho da parte estética. Assim, tomar sorvete deixa de ser apenas uma atividade de lazer e se torna uma experiência que todos querem ter, o que chama a atenção dos consumidores.

Em geral, os sabores e os adicionais são escolhidos pelos clientes e montados pelos vendedores do sorvete. Porém, existe a possibilidade de deixar opções com sabores já estabelecidos. Para assim facilitar a escolha do cliente e o serviço dos funcionários.

Confira algumas das opções mais queridas de sorvete na taça para incluir no cardápio do seu negócio:

Taça com Sorvete de Frutas

Os de frutas são ideais para quem gosta daquela refrescância e leveza na hora de tomar esta sobremesa. Por isso, as taças com sorvetes de frutas costumam ser sucessos pelas sorveterias afora.

O melhor é que não faltam opções neste tipo de sorvete. Havendo possibilidades desde as frutas mais cítricas, como o maracujá e limão, até as mais docinhas, como amora e morango.

Além disso, eles conseguem combinar com qualquer acompanhamento, o que facilita na hora de montar o sorvete na taça. 

Taça com Sorvete de Chocolate

Já o sorvete de chocolate é ideal para quem gosta de cremosidade e um sabor mais marcante. Sendo muitas vezes uma espécie de “coringa” no mundo da sorveteria, uma vez que agrada a todos.

Porém, mesmo que seja uma opção mais limitada que o sorvete de fruta, o de chocolate também tem suas variedades. Como os sorvetes de chocolate amargo, o de chocolate branco e aquele que leva algum tipo de mistura na massa.

O sorvete na taça de chocolate também permite muitas possibilidades quando o assunto é acompanhamento. 

Taça personalizada

Porém, para as sorveterias que desejam oferecer mais alternativas para seus clientes, há a opção de sorvete na taça personalizada.

Deste modo, os consumidores escolhem como desejam montar sua sobremesa, fazendo as combinações que desejar.  

Taça Kids

Há ainda a taça de sorvete feita especialmente para as crianças. Neste caso, é melhor que o tamanho seja reduzido para que os pequenos consigam tomar uma sobremesa inteira sem desperdício.

Também é preciso investir em uma apresentação bem divertida, com granulados coloridos, balinhas e bastante chantilly. Ou seja, coisas que chamem a atenção dos pequenos.

Como vender sorvete na taça

Agora que você sabe a importância do sorvete na taça para o seu negócio, vamos a dicas de como vendê-lo. 

Isso é muito importante porque esta sobremesa exige uma estratégia de vendas um pouquinho diferente. Pois é essencial demonstrar como esse é um produto diferente dos demais.

Mostre variedade

Para começar, não tenha apenas uma opção de sorvete na taça. Afinal, isso limita muito as possibilidades de compra e venda.

Então, monte um cardápio com variedades que possam agradar todos os tipos de paladar. Além de diversidade no sabor do sorvete, procure ter mais opções de acompanhamento.

A apresentação é fundamental

Como dito anteriormente, comprar um sorvete na taça faz parte de uma experiência muito relacionada à parte estética. Por isso, quem deseja alavancar suas vendas com esse produto não pode deixar a apresentação de lado.

na imagem temos uma foto da parte de cima de uma taça com três bolas de sorvete dentro e alguns acompanhamentos
O modo como o sorvete é apresentado faz toda a diferença

Logo, não há outra alternativa que não seja prezar pelo visual da taça de sorvete. E para isso, vale buscar inspirações na internet ou em marcas concorrentes.

Diferencie os tamanhos

Uma dica preciosa é oferecer uma maior variedade de tamanho para todos os públicos. Visto que isso irá contemplar a vontade de tomar sorvete de uma maior quantidade de clientes.

Assim, além de diferenciar o tamanho adulto do kids, também é bom colocar opções pequenas, médias e grandes. 

Onde comprar sorvete para revender

Gostou de saber mais sobre como aumentar seus lucros vendendo sorvete na taça? Agora é hora de aplicar essa estratégia no negócio.

Há grandes empresas no segmento que fabricam sorvetes de qualidade e comercializam a seus revendedores com ótimos preços e benefícios.

A Snowfruit, por exemplo, além de contar com produtos de alto padrão e grande variedade, ainda disponibiliza todo o suporte e assistência necessária aos seus revendedores. O que faz da nossa empresa a melhor opção para quem deseja aumentar seus lucros com a venda de sorvetes.

Fale com um dos nossos consultores e venha ser um revendedor Snowfruit. Aproveite e acesse nosso blog e confira diversas dicas envolvendo o mundo da sorveteria.

Assim, com os produtos da Snowfrui e a nossa consultoria, o seu sucesso vendendo sorvetes é garantido!

Conheça a origem do sorvete

A origem do sorvete: aprenda aqui!

Quem não gosta de passar as tardes na sorveteria se deliciando com a sobremesa mais amada do Brasil? Esse, sem dúvida, é um dos nossos programas favoritos. Mas, você já parou para pensar quem inventou essa delícia? Qual a história por trás da origem do sorvete? 🍦

Essa é uma informação que muitas pessoas aparentam não saber. Dessa forma, nós decidimos te ajudar! No texto de hoje, separamos todas as informações que consideramos importantes sobre a origem do sorvete.

Com certeza, esse texto vai te ajudar no que você precisa. E ao mesmo tempo vai te dar água na boca. Relaxa, depois dessa leitura, você pode correr até a sorveteria mais próxima. Então, agora pegue o papel e caneta para anotar as partes mais importantes e continue com a gente! 😄

Você sabia que o sorvete foi inventado antes da geladeira?

Pelo fato do sorvete ser uma sobremesa gelada, é comum pensar que ele surgiu após a invenção da geladeira. Mas essa delícia geladinha já era consumida bem antes desse avanço tecnológico.

A origem do sorvete aconteceu aproximadamente há 4 mil anos atrás, na China, quando ainda não existia a geladeira. A sobremesa era feita à base de leite e arroz e era congelada na neve.

Chão coberto por neve.
Geladeira? Que nada! Na China Antiga, o sorvete era congelado na neve!

Mas você acha que, então, a sobremesa era consumida apenas durante o inverno? Na verdade não. Isso porque os chineses conseguiram conservar a neve para usar também durante o verão.

Nessa época, a tal invenção ficou cada vez mais apreciada. Dessa forma, ela se tornou um grande sucesso entre a nobreza, se tornando símbolo de status social. Porém, infelizmente, a população mais pobre não tinha condições de consumir a sobremesa.

Com o passar do tempo, o sorvete se popularizou pelo mundo, tornando-se cada vez mais acessível. Hoje em dia, a sobremesa é muito mais popular e quase todo mundo tem a oportunidade de aproveitar essa delícia, mesmo que de vez em quando.

Além disso, desde a origem do sorvete, as técnicas evoluíram e o modo de produção e conservação do sorvete mudaram. Então, esquece a neve! Hoje em dia, por exemplo, existem técnicas para conservar o sorvete no freezer.

A origem do sorvete

É difícil definir com exatidão a origem do sorvete, mas vários pesquisadores reuniram dados históricos que tentam apontar aproximadamente o seu surgimento. Então, para começar essa história, temos que voltar um pouco no tempo. Preparado?

Você com certeza já sabe que muitas coisas que conhecemos surgiram na Grécia ou em Roma, certo? Quase 2 mil anos atrás, na Roma Antiga, o imperador Nero consumia uma mistura de frutas e de gelo, que era extraído das montanhas da região. 

Estátua com a face do imperador Nero, de Roma.
Louco por sorvete! O imperador romano Nero foi um dos pioneiros na criação dessa sobremesa.

Porém, o sorvete parecido com o que consumimos atualmente surgiu na China, entre os anos de 618 e 697. Na época, o imperador chinês King Tang fazia uma mistura de gelo, leite e arroz.

Com o passar dos anos o sorvete chegou a Europa. Em uma viagem para a China, em 1271, o veneziano Marco Polo conheceu uma variedade de cremes de frutas congeladas. Ele gostou tanto que levou a receita para a Itália.

E você deve estar se perguntando, quando surgiu a primeira sorveteria?

Em 1660, Procopio Coltelli abriu em Paris uma cafeteria que vendia sorvete, o Café Procope. Essa foi a primeira sorveteria do mundo. Com o sucesso do sorvete, a receita foi se espalhando pelo mundo e outras sorveterias abriram.

Desde a origem do sorvete, a receita passou por modificações, devido a evolução das técnicas de produção e o avanço tecnológico. Assim, chegamos à variedade de sorvetes que conhecemos hoje em dia. 

Quando o sorvete chegou no Brasil?

O sorvete chegou ao Brasil no século XIX, em 1834, quando uma embarcação de blocos de gelo chegou na cidade do Rio de Janeiro. Dessa forma, alguns comerciantes compraram o carregamento e passaram a vender sorvetes de frutas. 

Foi assim que a primeira sorveteria brasileira surgiu. Porém, não havia condições para conservar o sorvete após ele estar pronto. Por isso, era necessário consumi-lo na hora e isso gerava alguns problemas.

Contudo, décadas mais tarde o sorvete começou a ser produzido em grande escala. Em 1941, abriu no Brasil a primeira filial de uma empresa do ramo de sorvetes. Com a chegada dessa sobremesa ao Brasil, os brasileiros passaram a escolher os seus sabores preferidos de sorvete. Qual é o seu?

E o picolé? Como surgiu?

Apesar de a origem do sorvete ter acontecido há cerca de 4 mil anos atrás, a história do picolé é um pouco mais recente. Tudo começou durante o inverno de 1905, quando Frank Epperson, um menino de 11 anos, esqueceu na varanda de casa um copo de suco com uma colher dentro. 

No outro dia, ele notou que a colher ficou presa ao suco congelado. Assim começou a origem do picolé. Apesar da incrível descoberta, foi apenas em 1913, aos 18 anos, que Frank decidiu preparar uma receita parecida com o sorvete no palito que havia descoberto anos atrás.

Contudo, em 1913, com o grande sucesso da receita, Frank patenteou o produto como Epp’s Icicle, traduzindo para o português Gelinho do Epp. No ano de 1925, o sorvete no palito foi comprado por uma empresa de New York e passou a ser chamado de Popsicle, o famoso picolé, traduzindo para o português.

Picoles cobertos com casquinha e confeitos expostos em um suporte.
Quem diria que uma das sobremesas mais apreciadas do mundo foi inventada por uma criança de 11 anos?

Desde a origem do sorvete, o seu processo de produção tem passado por mudanças e inovações. Com isso, há muitas curiosidades que vão surgindo ao longo do tempo.

As sobremesas geladas como o sorvete e o picolé tem conquistado cada vez mais apreciadores pelo mundo. Nos Estados Unidos até existe um museu do sorvete para celebrar toda essa história!

Clancy Wiggum, o chefe da polícia de Os Simpsons, se deliciando com um sorvete.

Agora que você conhece a origem do sorvete, que tal ter acesso a mais informações sobre essa delícia? Acesse o blog do Snowfruit e confira notícias, dicas, curiosidades e receitas sobre sorvetes, picolés e açaí. 🍨